A sentinela
A sentinela

Dentadura da mulher de Nicolas Maduro escapa em discurso

Mulher de Nicolas Maduro
Cilia Flores (imagem acima) quase deixou a dentadura cair. Imagem: Reprodução da TV.

Durante um discurso público em Caracas para marcar o Dia do Trabalho, a dentadura da mulher de Nicolas Maduro, a primeira-dama da Venezuela, Cilia Flores, escapou e quase saiu de sua boca.

Ela explicou que estava “comendo um chiclete”, mas o incidente não passou despercebido nas redes sociais, onde se tornou alvo de memes (veja o vídeo na publicação abaixo).

Cilia aproveitou o discurso para celebrar a marcha dos trabalhadores e defender seu marido, o presidente Nicolás Maduro. Ela afirmou que Maduro sempre protegerá os trabalhadores venezuelanos, assim como ela continuará fazendo. No entanto, o episódio da dentadura roubou a cena.

Enquanto isso, Maduro enfrenta críticas tanto na Venezuela quanto internacionalmente. A razão é o impedimento da principal candidata de oposição, María Corina Machado, de disputar as próximas eleições presidenciais.

_____

QUEM A MULHER DE NICOLAS MADURO

Cilia Adela Gavidia Flores de Maduro, nascru em 15 de outubro de 1956, é advogada e política. Ela é casada com o ditador da Venezuela, Nicolás Maduro. Além disso, desde 2015, atua como deputada na Assembleia Nacional da Venezuela, tendo presidido a Casa de 2006 a 2011, representando seu estado natal, Cojedes.

Sua carreira política inclui momentos marcantes, como ter sido a principal advogada na defesa de Hugo Chávez após sua tentativa de golpe fracassada em 1992. Além disso, Flores desempenhou um papel importante no comando político da Revolução Bolivariana e foi a primeira mulher a presidir a Assembleia Nacional.

Após a vitória de Nicolás Maduro nas eleições presidenciais de 2013, Cilia Flores assumiu a posição de Primeira-Dama da Venezuela, vaga desde 2003. Ela também ocupou o cargo de Procuradora-Geral da Venezuela entre 2012 e a eleição de Maduro.

_____

Leia também em seguida:
Compartilhar
A SENTINELA

A SENTINELA

A Sentinela é um canal de comunicação social cujos integrantes filiam-se ao princípio de que a isenção jornalística é uma farsa. Todos os indivíduos e organizações têm princípios e valores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recentes

Economia